Últimas
 
Promoções
 
Marcas
 
chat On-line
www.facebook.com/cobrase.lagartos
 
Carrinho
0 items
 
Destaque
 

Folha de cuidados- Râ Litoria Caerulea

Folha de cuidados- Râ Litoria Caerulea
Clique para Ampliar
Preço: 0.00€
Disponibilidade: 1
Modelo: para iniciar
Fabricante: Linha C .L. -Cobras e lagartos
Nota média: Não foi avaliado

 

Litoria Caerulea

Esta espécie encontra se  disponível no comércio de animais de estimação durante todo o ano, mas os espécimes criados em cativeiro estão mais disponíveis no verão e no outono. Espécimes criados em cativeiro são geralmente jovens (com menos de 5 cm de comprimento) e devem ser preferidos aos capturados na natureza. 

Animais selvagens capturados muitas vezes carregam parasitas e doenças e não são tão bem adaptados às condições de cativeiro.

 Um jovem ativo, de olhos brilhantes e rechonchudo é uma escolha saudável. Esses animais são muito difíceis de sexo quando jovens, por isso, se você deseja ambos os sexos, é melhor comprar um pequeno grupo de 4 ou 5 animais.

Tamanho

Os adultos podem chegar a 10 cm, mas a maioria das fêmeas se sobressai entre 10 cm e 15 cm de comprimento. Os machos geralmente são um pouco menores, mas o tamanho por si só não é um bom critério para sexar esses animais.

Os machos têm um saco vocal e podem ter almofadas nupciais escuras na base dos polegares. Porém, eles podem não estar presentes em animais jovens, então é difícil sexá-los na loja de animais, mesmo criadores experientes não podem garantir o sexo de um jovem sapo.

Vida útil

Em cativeiro, esses sapos viveram mais de 20 anos ,já encontramos espécies no estrangeiro com mais de 25 anos  mas uma idade mais comum seria de 7 a 15 anos. Eles não têm nenhuma capacidade defensiva real além da camuflagem, portanto sua vida na natureza é provavelmente mais curta devido ao risco de predação.

 

Terrário

São animais muito resistentes e muito tolerantes quando se trata de suas condições de terrário. Um terrário horizontal de 75 litros deve ser considerado um tamanho mínimo para 4 exemplares jovens. Esta espécie gosta de escalar, portanto, um terrário mais alto que possa acomodar plantas e galhos maiores é uma boa ideia, se possível.


Esta espécie pode ser mantida em grupos desde que do mesmo tamanho

Iluminação, temperatura e humidade

As Litórias não requerem iluminação de nenhum tipo, mas pode colocar caso optar por cultivar plantas, uma luz de Uvb será 6.0 uma boa escolha.

 Os modelos fluorescentes emitem menos calor que os incandescentes, e o superaquecimento e a secagem rápida podem stressar esta espécie. 

 Uma boa temperatura diurna é de cerca de 26-27 C.. Isso pode ser alcançado usando um tapete de calor na lateral do terrário com um termostato, a marca Drago dispõe de muita qualidade e optimos preços .

 Condições noturnas ligeiramente mais frias simularão as mudanças de temperatura encontradas na natureza. Uma tampa ventilada é uma necessidade - a falta de ventilação pode causar problemas respiratórios.

Existem terrários de rede da exoterra com estas características

Substrato

O substrato deve ser um solo em partículas finas ou fibra de coco moída da Drago, drago Nature também ,estes retêm bem a humidade e o tamanho pequeno das partículas não afetará o intestino se algum for ingerida acidentalmente.

 

Alimentação

Dubias,moscas,e zophoba carregados no intestino são um bom alimento básico,poderá dar grilos apesar destes serem o mais fraco a nível de proteína e valor.

 Para adultos, alimente 2-3 vezes por semana. Para os jovens, alimente a cada 1-2 dias

 

Água

A humidade deve ser mantida por nebulização regular com água destilada. Você também pode usar uma tigela de água (use água de nascente ou água da torneira desclorada em tigelas), caso a humidade mude repentinamente pois precisam de água.

Manuseio e temperamento

Ao contrário da maioria dos anfíbios, a especie tolera muito bem o manuseio. Eles podem até se acostumar com isso. Devido à natureza delicada e permeável de suas peles, certifique-se de que suas mãos estejam livres de sabão e creme antes de manusear e lave bem as mãos depois.

Reprodução e Reprodução

Na natureza, reproduzem após fortes chuvas de verão. Isso pode ser simulado com uma câmara de chuva em cativeiro. Machos e fêmeas se encontram em lagoas e corpos d'água lentos. O macho agarra a fêmea atrás dos braços da frente. A fêmea deposita várias centenas de ovos que o macho fertiliza à medida que são produzidos. Os ovos eclodem em 2-3 dias e os girinos se alimentam bem de peixes de aquário em cativeiro. A metamorfose ocorre dentro de 2 meses para a maioria dos girinos, mas alguns podem permanecer no estágio do girino por até um ano. 

Na metamorfose estes podem ser muito pequenos e requerem alimentação diária com moscas de frutas em pó de cálcio e dúbias tamanho da cabeça de um alfinete até que possam consumir os alimentos básicos mencionados anteriormente.

Como animal de estimação é ideal para iniciantes que gostem de anfíbios

Alguma questão disponham

E uma das espécies que mais gostamos e continuamos na tentativa de reprodução, algo que requer tempo e muita dedicação

 

www.cobraslagartos.com



Escrever um Comentário »
Seu Nome:


Sua Revisão: Atenção: Codigos HTML não são aceitos!

Avaliação: Ruim            Bom

Digite o código na caixa abaixo:

Não há imagens adicionais para este produto.
Loja LOJA COBRAS E LAGARTOS